quarta-feira, 3 de maio de 2017

O aprendizado do aluno com necessidades educacionais especiais por meio do uso da informática na escola

Um professor no desafio de ensinar...




A presente pesquisa teve como essencial preocupação identificar como as Tecnologias da Informação e da Comunicação - TIC podem contribuir de maneira construtiva no ensino e aprendizagem dos alunos com dislexia. Também teve por objetivo contribuir para uma nova prática educativa feita pelos docentes envolvidos em processos que exigem uma pedagogia diferenciada no trabalho com alunos disléxicos. A investigação partiu do estudo sobre as características inerentes aos portadores de dislexia. Investigou-se também a informação pertinente e atualizada sobre as TIC’s e a inclusão de crianças disléxicas de modo a conhecer melhor a sensibilidade dos docentes na utilização das TIC em contextos de aprendizagem. Metodologicamente foi desenvolvida uma entrevista semiestruturada tendo os resultados auferidos sido alvo de tratamento e análise. Perante os resultados obtidos é possível concluir que o aluno com dislexia em um contexto educacional inclusivo pode se desenvolver e interagir de maneira promissora, principalmente quando esse processo de inclusão se concebe em um Laboratório de Informática. As TIC’s possibilitam que alunos com essa deficiência intelectual possam fazer uma grande diferença na escola, quando existe uma interação professor-aluno que construa novas possibilidades para o seu aprendizado.


ACESSE O ARTIGO NA ÍNTEGRA E SAIBA MAIS:

http://bdm.unb.br/handle/10483/15725







Gilberto Penha de Andrade
Pedagogo formado pela Universidade de Uberaba
Especialista em Gestão Pública- Universidade Federal de Ouro Preto
Especialista em Educação Especial- Universidade de Brasília









Nenhum comentário: